terça-feira, 28 de agosto de 2012

Caio Júnior pede demissão e não é mais treinador do Bahia

Por Rodrigo Eduardo FUTNET

Pouco mais de um mês após ter assumido o comando do Bahia, o técnico Caio Júnior pediu demissão na tarde desta segunda-feira. O comandante entrou em comum acordo com os dirigentes do time baiano e encerrou seu contrato com o clube, que tinha validade até o final desta temporada.

Caio Júnior foi apresentado no Bahia em 23 de julho, para substituir o então técnico Paulo Roberto Falcão, que teve um aproveitamento de 48,4% juntando as três competições em que disputou.

Através do seu site oficial, Caio Júnior explicou a situação do pedido de demissão. "Quero comunicar que em função de assuntos estritamente familiares que dificultariam a minha presença no clube com totais condições de executar o meu trabalho, em comum acordo com a direção do Bahia decidi deixar o comando técnico da equipe. Aceitei o desafio de dirigir o Bahia para mantê-lo na Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro. Assumi na última colocação e o deixo fora da zona de rebaixamento. Sei que o time tem que evoluir para afastar de vez esse perigo e estarei torcendo para que isso aconteça. O Bahia perde um treinador, mas ganha um torcedor", escreveu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário