sábado, 15 de setembro de 2012

São Paulo encara a Portuguesa com obrigação de vencer

Agência Estado


Dois jogos em casa e a obrigação de conquistar seis pontos para não dar adeus ao G4 definitivamente. A realidade do São Paulo após acumular quatro partidas sem vencer é direta e dura. Caso volte a escorregar neste sábado (15) contra a Portuguesa, às 18h30, no Morumbi, a equipe praticamente liquida qualquer expectativa de ingressar no bloco principal e ingressar na Copa Libertadores do ano que vem via Campeonato Brasileiro. Já são seis pontos de diferença para o Vasco, último integrante que estaria classificado e que joga no domingo contra o Cruzeiro.

Ciente da necessidade do resultado, o técnico Ney Franco resolveu abrir a equipe e vai mandar a campo um São Paulo com três atacantes e apenas um volante de características de marcação. Luis Fabiano está recuperado de lesão no ombro e formará o trio de frente com Lucas e Osvaldo, mantido na equipe no lugar de Casemiro, que volta para o banco. Denilson, outro que retorna à equipe após cumprir suspensão, ficará na contenção ao lado de Maicon, que atuará mais recuado. Quem também está de volta é Rhodolfo. O zagueiro recuperou-se de dores na coxa esquerda e volta para formar a zaga com Rafael Toloi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário