quarta-feira, 27 de março de 2013

Prefeito diz que risco a torcedores provocou interdição do Engenhão


Eduardo Paes avisa que consórcio responsável pela construção informou que há problemas estruturais no projeto. Fechamento é imediato. O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, explicou no início da noite desta terça-feira os motivos que o levaram a tomar a decisão de interditar o Engenhão. Depois de uma conversa com os presidentes de três dos quatro clubes grandes do Rio -  Peter Siemsen, do Fluminense, chegou só após o fim do pronunciamento -, Paes admitiu que ainda não encontrou uma solução para o problema e confirmou que o fechamento acontece de maneira imediata. Assim, o estádio já não receberá os jogos entre Fluminense e Macaé, nesta quarta, e Botafogo e Friburguense, nesta quinta. Eles foram transferidos para São Januário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário