terça-feira, 5 de março de 2013

Súmula complica o Londrina e cita agressão de Malucelli


André Bueno - Redação Bonde
A Federação Paranaense de Futebol divulgou nesta segunda-feira (4) a súmula do árbitro Felipe Gomes da Silva, que apitou Londrina e Coritiba, na decisão do primeiro turno do Campeonato Paranaense, disputado domingo, no Estádio do Café. Diante de muita polêmica e reclamação, o zagueiro Gilvan poderá receber uma punição conforme o artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) por agressão física ao árbitro. 
De acordo com Felipe Gomes da Silva, Gilvan desferiu um soco contra o árbitro e atingiu as costas do juiz carioca. 'Aproximou-se lateralmente e desferiu um soco que atingiu minhas costas. Após o cartão vermelho, o atleta veio em minha direção e, de forma ríspida, totalmente transtornado, ficou face a face, sendo contido pelos companheiros', diz a súmula. 

Na oportunidade, Felipe Gomes da Silva ainda relatou a expulsão de Diogo Roque após o término do confronto. Conforme o árbitro, o jogador protestou contra a arbitragem: 'seu filho da p***, ladrão. Conseguiu o que queria'. O meia do Tubarão deverá ser julgado com base no artigo 243-F do CBJD – 'ofender alguém em sua honra, por fato relacionado diretamente ao desporto'. 

Em anexo a súmula, o árbitro relatou que Sérgio Malucelli, gestor do Londrina, desferiu um soco na cabeça do assistente Moíses Apareceido de Souza e foi presenciado por Felipe Gomes da Silva e por Adair Carlos Modini, outro assistente da partida. 

Além disso, o juiz relatou que foram atirados no gramado do Café dois rádios portáteis e um relógio de pulso. Ele não informou sobre os rojões que foram desferidos no campo durante a confusão que ocorreu no gol do Coritiba, no segundo tempo (veja vídeo abaixo) 

SEGURANÇA – O árbitro Felipe Gomes da Silva ainda informou a entrada de pessoas não autorizadas no campo após o término da partida. 'Após o encerramento do jogo, muitas pessoas não autorizadas ingressaram no campo ainda com a presença da equipe de arbitragem, por local não identificado demonstrando que existem pontos falhos em relação a segurança do estádio'. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário