quarta-feira, 15 de maio de 2013

Palmeiras sofre sem técnica e, com frango de Bruno, é eliminado pelo Tijuana


O “sangue na veia” tão aclamado pelo presidente Paulo Nobre não faltou. Assim como o forte apoio da torcida. O que pesou foi a deficiência técnica. O Palmeiras entrou como favorito, encarou uma enorme catimba do Tijuana na noite desta terça-feira, no Pacaembu, e foi eliminado nas oitavas de final da Libertadores ao perder por 2 a 1. Bruno, com incrível frango sofrido no primeiro gol adversário, foi o retrato de um time sem qualidade com a bola no chão durante quase todo o jogo. Arce ampliou na segunda etapa. Souza, de pênalti, descontou para o Palmeiras. O time mexicano agora irá enfrentar o Atlético-MG nas quartas de final.
A falha do goleiro palmeirense aconteceu aos 26 minutos de jogo em chute fraco, e no meio do gol, de Riascos. O camisa 1 do Palmeiras agachou para agarrar a bola, mas permitiu que ela escapasse. Como o Tijuana vinha de um empate sem gols em casa na primeira partida, passou a ter enorme vantagem. Arce ainda marcou outro no começo do segundo tempo, desta vez sem falha de Bruno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário