quarta-feira, 12 de junho de 2013

Sindicatos protestam contra governo de Goiás no hotel da seleção

Aos gritos de "Marconi, bicheiro, devolve meu dinheiro", um grupo de cerca de 50 pessoas se reuniu, na tarde desta terça-feira, à frente do hotel da seleção brasileira, em Goiânia. O grupo reúne ao menos quatro entidades classistas e estudantes da UEG (Universidade Estadual de Goiás), que pedem reajuste salarial e investimento em educação ao governador do Estado, principal alvo dos protestos.
"Quando o governador gasta com seleção e deixa a universidade em condições precárias, ele mostra que só está preocupado com o espetáculo. A presença da seleção é uma contradição na cidade", Bernardo Cunha, professor da UEG. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário