segunda-feira, 19 de maio de 2014

Atlético termina rodada sufocado

Pela quarta vez seguida, Furacão sai na frente, mas não resiste à pressão adversária. Empate deixa time perto da zona da degola. A falta de criatividade aliada à dificuldade de segurar o resultado fizeram o Atlético amargar mais um resultado ruim no Campeonato Brasileiro. Ontem, na “estreia” do time em terras paranaenses no Brasileiro – havia mandado jogos em Florianópolis e Brasília – os rubro-negros mais uma vez esbarraram em seus próprios erros no empate por 1 a 1 com a Chapecoense, em Maringá. Com o resultado, o Furacão fica próximo da zona de rebaixamento. A nova decepção deixou os comandados do técnico Miguel Ángel Portugal visivelmente abatidos e aumentou o clima de cobrança interna. Com o jogo de ontem, são quatro partidas consecutivas que o Atlético sai à frente no placar, mas não consegue a vitória – panorama que se repetiu nas derrotas para Cruzeiro e Internacional, no Brasileiro, e no jogo-teste da Arena, no amistoso contra o Corinthians. “É inexplicável, sabemos que o torcedor está sufocado, mas não tem outra coisa a fazer. Mais uma vez conseguimos fazer o gol, mas não fomos bem para segurar”, desabafou o goleiro Weverton, um dos mais abatidos com o empate.

Nenhum comentário:

Postar um comentário