terça-feira, 31 de julho de 2012

São Paulo cogita dar aumento para segurar Lucas

Cientes de que o assédio do Manchester United sobre Lucas deve crescer enquanto ele está com a seleção olímpica, a diretoria são-paulina estuda formas de convencê-lo a permanecer até a Copa do Mundo de 2014. O diretor de futebol Adalberto Baptista confirmou que o clube estuda um aumento ao garoto, que atualmente recebe cerca de R$ 130 mil mensais.

"Pode ser que sim, ele ainda tem quatro anos de contrato mas podemos o chamar a qualquer momento para prorrogar por um ano e meio com novos valores. Mas ele está focado no momento para aproveitar os Jogos", afirmou o dirigente.
A versão oficial é de que não existe negociação pelo camisa 7, mas o fato é que Juvenal Juvêncio tem mantido conversas frequentes com representantes do clube inglês. O presidente acredita que Lucas será valorizado após a campanha em Londres e sonha com transferência na casa dos 40 milhões de euros (R$ 100 milhões). O United oferece 33 milhões de euros (R$ 82,5 milhões) e não parece disposto a elevar a pedida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário