sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Romarinho exagerou na noite, mas mudou e acalmou, diz irmão do atleta.


Principal alvo de um protesto na semana passada, Romarinho está chateado com a situação que vive, segundo seu irmão. Em entrevista ao, Bruno Ricardo admite que o talismã do Corinthians em 2012 chegou a cometer excessos no passado, mas hoje vê o atacante mais centrado e pronto para, aos poucos, superar a má fase.
"Ele chegou com 21 anos, criou aquele status, é claro que isso mexe com a cabeça. Quem não sente? Agora ele pôs o pé no chão, arrumou uma namorada, está quietinho. Ele está chateado com a situação e está fazendo de tudo para melhorar a má fase", disse Bruno Ricardo, em entrevista exclusiva.
O "exagero" de Romarinho, de acordo com seu irmão, teria parado no primeiro semestre deste ano, muito em função da pressão da família. "Meu pai falava para ele, cada um colhe o que planta. Hoje ele está quietinho, não vai nem em restaurante, mas está pagando pela fama", disse o irmão do atacante.
No protesto da torcida organizada na semana passada, Romarinho foi retratado como baladeiro, ao lado de garrafas de bebidas e mulheres. Seu maior problema, porém, é dentro de campo, e não fora dele. Titular do Corinthians desde a primeira lesão de Renato Augusto, no primeiro semestre, ele só se manteve no time pelos seguidos problemas do elenco com lesões, convocações e a saída de Jorge Henrique.

Nenhum comentário:

Postar um comentário