quarta-feira, 9 de abril de 2014

Adriano volta a marcar, mas Atlético-PR é eliminado na Libertadores Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/esportes/adriano-volta-marcar-mas-atletico-pr-eliminado-na-libertadores-12134987#ixzz2yO7nrR00 © 1996 - 2014. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

LA PAZ - No dia em que o atacante Adriano voltou a marcar um gol, após mais de dois anos, a torcida do Atlético-PR não teve motivos para comemorar. O time rubro-negro perdeu por 2 a 1 para o The Strongest, em La Paz, e foi eliminado na fase de grupos da Libertadores da América. Com isso, o futebol brasileiro não poderá repetir o desempenho da última edição, quando teve seus seis representantes classificados para as oitavas de final.
- Não é desculpa (a altitude). Agora temos que levantar a cabeça, e pensar no Brasileiro que vai começar. Não adianta chorar. Infelizmente, hoje não foi possível - comentou Adriano ao deixar o campo, em entrevista ao canal Fox Sports.
Por enquanto, entre os brasileiros apenas Grêmio, no grupo 6, e Atlético-MG, no 4, já garantiram suas vagas antecipadamente. Mas os outros três times do país dependem apenas dos seus resultados para avançar. Nesta quarta-feira, o Flamengo recebe o León no Maracanã e garantirá sua vaga no grupo 7 se vencer a partida. Pelo grupo 2, o Botafogo enfrenta o San Lorenzo fora de casa, e também precisa da vitória para garantir sua vaga, embora a classificação também possa vir com um empate, caso o Independiente del Valle não ganhe do Unión Española por mais de dois gols. Já o Cruzeiro precisa da vitória sobre o Real Garcilaso, no Mineirão, também nesta quarta, para avançar no grupo 5.
Adriano marcou seu primeiro gol pelo Atlético-PR, encerrando um jejum de mais de dois anos, mas o time brasileiro foi eliminado na Libertadores Foto: GASTON BRITO / REUTERS
Adriano marcou seu primeiro gol pelo Atlético-PR, encerrando um jejum de mais de dois anos, mas o time brasileiro foi eliminado na Libertadores GASTON BRITO / REUTERS
fonte: O GLOBO (EMAIL · FACEBOOK · TWITTER)

Nenhum comentário:

Postar um comentário