segunda-feira, 14 de abril de 2014

Ituano vence Santos nos pênaltis e é campeão paulista

Agência Estado Demétrio Vecchioli // http://www.odiario.com/esportes
No ano passado, o Ituano só escapou de cair para a segunda divisão no último jogo. Agora, fez valer a permanência na elite. Neste domingo, depois de perder no tempo normal por 1 a 0 (gol de Cícero, de pênalti), o time de Juninho Paulista, treinado por Doriva, teve frieza para vencer o Santos na cobrança de pênaltis por 7 a 6 e ser bicampeão paulista, repetindo os feitos de São Caetano (2004), Bragantino (1990) e Inter de Limeira (1986), únicos pequenos a pausar a hegemonia dos grandes.

Esta é a primeira vez, porém, que o Ituano pode ser considerado o melhor time do Estado. Em 2002, no seu outro título, não disputaram o Paulistão nove equipes que estavam participando do Torneio Rio-São Paulo: os quatro grandes, Portuguesa, Guarani, Ponte Preta, São Caetano e Paulista. Depois, no Supercampeonato (contra os três primeiros paulistas do Rio-São Paulo), eliminou o Corinthians e perdeu a final para o São Paulo. Na ocasião, o time tricolor era treinado por Oswaldo de Oliveira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário