sexta-feira, 11 de abril de 2014

Marino, do São Bernardo, é vítima de racismo em duelo da Copa do Brasil

Rádio Banda B
Curitiba, PR, 10 (AFI) - O volante Marino, do São Bernardo, foi chamado de "macaco" por torcedores no Paraná, nesta quinta, em partida da Copa do Brasil, realizada no Estádio Durival Britto, em Curitiba. O jogador foi expulso no fim do segundo tempo e, ao dirigir-se ao vestiário, ouviu os insultos. Um segurança do Paraná tentou deter um dos agressores, mas não conseguiu. "Foram dois torcedores que começaram a chamá-lo de macaco", disse o presidente do time paulista, Luiz Fernando Ferreira. "Ele (Marino) quase perdeu a cabeça. Começou a chorar e, ao fim do jogo, quando chegamos ao vestiário, ele ainda estava chorando. Isso é inadmissível e vamos às últimas consequências."
Fonte: http://www.futebolinterior.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário