quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Seleção marca aos 48 e derrota Argentina no sufoco

Com gol de pênalti aos 48 minutos do segundo tempo, a seleção brasileira bateu a Argentina por 2 a 1, nesta quarta-feira, no Serra Dourada, em Goiânia, e saiu na frente no Superclássico das Américas. Neymar, na penalidade, e Paulinho foram os responsáveis pelos gols que deixaram o Brasil em vantagem para o segundo jogo do duelo amistoso.


Por conta da vitória, apertada, a seleção jogará por um empate no dia 3 de outubro, na cidade argentina de Resistência, para ficar com o segundo troféu do confronto - o Brasil venceu o primeiro Superclássico, em 2011.

A julgar pelo duelo desta noite, a seleção de Mano não encontrará facilidade fora de casa, apesar do rival só contar com jogadores que atuam em seu país e no Brasil. Sem Messi e companhia, a Argentina contou com Guiñazu, Barcos e Martínez, autor do primeiro gol da partida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário