sexta-feira, 14 de junho de 2013

Baixada incorpora área do Exército

Último morador do conjunto, utilizado como moradia de famílias de oficiais, vai se mudar no sábado
Falta pouco para que a Arena da Baixada tenha finalmente toda a área prevista à disposição para as obras de ampliação e reforma. Até o fim do mês os prédios localizados na esquina da Avenida Getúlio Vargas com a Rua Buenos Aires, que pertenciam ao Exército, serão demolidos. O último morador do conjunto, utilizado como moradia de famílias de oficiais das Forças Armadas que vêm de fora de Curitiba para trabalhar temporariamente na capital, irá se mudar amanhã.
Daniel Castellano / Gazeta do Povo / Arena está próxima de ter toda a área prevista à disposição para obrasComo contrapartida, o Atlé­­tico bancará a construção de dois novos prédios no Bacacheri. O preço das construções, que estão em processo avançado de aprovação de projetos e em breve terão alvará para serem iniciadas, é estimado em R$ 7 milhões. “Esta obra tem previsão de durar 18 meses e o Atlético está pagando o aluguel das famílias em locais escolhidos por eles enquanto a construção não ficar pronta”, explicou Cordeiro.“O último oficial sai no dia 15 e do dia 18 até o dia 21 o Atlético e o Exército farão uma inspeção juntos no local. A partir daí, ele terá au­­torização para ir abaixo”, contou o secretário municipal da Copa, Reginaldo Cordeiro. No lugar serão construídos novos acessos do estádio.
O Atlético informou recentemente que a obra ultrapassou os 68% de execução.
fonte: http://www.gazetadopovo.com.br/esportes

Nenhum comentário:

Postar um comentário